Qual motorista nunca se deparou com uma “luzinha” diferente acesa no painel do carro, ou ruídos vindos das rodas? Os problemas indesejáveis podem ser evitados com a manutenção preventiva do veículo.

Preparamos uma checklist com 5 dicas para a conservação e bom funcionamento do seu carro:

1 – Alinhamento de direção
Desalinhar a direção do veículo pode ser um processo lento, mas é possível detectar alterações quando um dos pneus está desgastando mais que o outro. Mesmo caso dos freios, quando um está frenando mais que o contrário. O “volante duro” também pode indicar algo errado na direção.
Você pode fazer o teste na estrada: tirar as mãos por poucos segundos do volante, se o carro “puxar” para um lado, é sinal que a direção não está em ordem.

2 – Radiador
Quem nunca ouviu que o motor do carro “ferveu”? E de fato, o motor pode “ferver” e fundir, se houver algum problema no sistema de resfriamento pela falta de água no radiador. Mas o próprio veículo pode avisar de algum defeito, através do painel no indicador de temperatura.
Antes de sair pela primeira vez no dia com o carro, é sempre bom ver se o tambor está com água no nível indicado. Não esqueça de realizar a revisão especializada em tampas, mangueiras, entre outros.

3 – Ar condicionado
Nada melhor que o conforto de manter o carro em temperatura agradável e desfrutar de passeios ou até mesmo a trabalho, não é mesmo? O sistema de ar condicionado do veículo é um dos principais itens que devem ter manutenção preventiva e regular.
O filtro do ar, pelo menos uma vez ao ano deve ser verificado, e até mesmo trocado. O ar condicionado deve ser ligado até no inverno, para não ocasionar problemas no sistema.

4 – Injeção eletrônica
Ao girar a chave da ignição no primeiro estágio, a luz da injeção eletrônica já é ligada, sinal que ela está verificando todo o sistema do veículo, mesmo antes de o motor estar ligado. O indicador pode ficar aceso por alguns segundos, isso é normal.
Caso a luz se mantenha ligada, é sinal que algum problema foi identificado, sendo necessário procurar um profissional especializado para realizar o diagnóstico e fazer a manutenção.

5 – Balanceamento e geometria
Passar em buracos, “pular” lombadas, causar impactos fortes no chão, são algumas causas de desalinhamento dos pneus e rodas. Semelhante ao alinhamento de direção, o balanceamento e geometria estabilizam o carro na via.
Os problemas também podem afetar a suspensão do carro, e comprometer a segurança dos usuários do veículo.

Vale a pena investir na manutenção preventiva do seu veículo, evitando gastos futuros com peças e outras dores de cabeça. Alguns itens podem ser verificados em sua própria garagem. Gostou de nossas dicas ou quer saber mais? Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário