Você já deve ter ouvido dizer que um carro é completo e o outro não. Para um automóvel ser completo ele precisa ter todos os itens de série, esses detalhes e acessórios variam de marca e modelo do veículo.

Exemplificando, dependendo do carro, ele pode ser considerado completo por conter direção hidráulica, ar condicionado, travas e vidros elétricos, e ainda além desses itens, airbags, freios ABS, kit multimídia, entre outros.

Além disso, um carro completo pode conter airbags laterais e traseiros, GPS junto ao painel, volante com botões de funções, retrovisores elétricos, teto solar, bancos em couro e ajustáveis, rodas com aro maior, etc. Isso influencia no valor, o carro completo tem um custo maior que um carro simples ou semi-completo.

Você quer comprar um carro ou trocar seu veículo? Nós podemos lhe ajudar, visite nosso site e confira nossas opções em veículos www.aliancamultimarcas.com.br/veiculos, quer mais dicas? Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário