Uma prática simples que por vezes é deixada de lado pelos motoristas e passageiros, o uso correto do cinto pode garantir a segurança em determinadas situações, como em colisões e freadas bruscas. O cinto é tão importante nos bancos da frente quanto nos de trás, e impede que os ocupantes se choquem contra as partes rígidas, painel, para-brisa, ou que sejam ejetados do carro.

O uso do cinto de segurança é obrigatório conforme determina o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), em todas as vias. E para que isso aconteça, o cinto tem que estar em bom estado de conservação, sendo colocado sobre o ombro e nunca perto da face ou pescoço, verificando se não está torcido, e fixá-lo bem.

Ao utilizar ônibus ou outros meios de transporte como o táxi, sempre exija que no veículo seja disponibilizado o cinto de segurança. No caso do carro, o mais indicado é usar o cinto de 3 pontos e encosto da cabeça. Além de proporcionar segurança, o cinto mantém a postura correta ao dirigir.

Partindo do motorista, essa medida de segurança deve ser exemplo aos demais ocupantes do veículo, ao entrar no carro sempre lembre-se do cinto de segurança, e não saia do local sem antes conferir se todos estão utilizando o equipamento.

E você tem o hábito de usar o cinto de segurança? Ou irá mudar seu costume depois dessas informações? Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário